01 junho 2010

O CADARÇO É MEU!

Reparei muito em cadarços esses dias. Cada par de sapatos ou tênis tinha uma maneira muito particular dos cadarços serem passados nos buraquinhos. E os cadarços servem para os mesmos fins: amarrar os calçados e/ou enfeitá-los.
Mas cada dono de pés gosta de arrumar os cadarços de uma maneira bem específica: a sua própria maneira!
É preciso apenas respeitar e até mesmo admirar essas diferenças!
Portanto não adianta a minha ex-depiladora querer me conventer a sua religião falando de Jesus na minha cabeça, pois o máximo que ela consegue é se tornar Ex depiladora.
Me deixe amarrar meus sapatos do jeito que eu sinto melhor, afinal eu mesma não disse nada sobre seus cadarços... RESPEITO!

4 comentários:

conversacomotravesseiro disse...

Hihihihihi.... Eu ri!! Compreendo bem essa história. Pelo menos vc foi até sua depiladora, sua depiladora não veio até sua casa tocar a campainha num momento de sono para falar isso. SODA!!

Beijinhus
Carina

Quem faz as postagens: disse...

hahahah!!!

se tivesse vindo em casa eu usava os cadarços para enforcá-la!!! hahahahahahah
eu com sono é um perigo!

bjoka

§ØµĿĐ!©Қ disse...

Olá Ana Maria.
Tri bom esse artigo sobre cadarços.
Sabe, a deprê já me ferrou por muito tempo também... anos! Muitos anos!!!
E como a ti, desde criança...
O que mais detesto da bi-polaridade é a merda da montanha russa... cara, quando se está "bem", não se está realmente BEM!!! E quando se está mal, o inferno parece um lugar muito aprazível.
Curti muito o site!
Abraços

Ana Maria Saad disse...

pois é,

e a gente é so sintoma da sociedade doente!

no fim ainda bem q temos essas doenças q nos permitem acordar!e sair da zoombieland!

c cuide com carinho! pq tem mto jeito de melhorar! eu to sme sintoma nenhum ha mais de um ano, graças a medicina integrativa onde o foco é o paciente e nao o doente!

bjoka