24 junho 2010

ANA, FICA BEM VAI! AGORA CHEGA DE DEPRESSÃO!

Um casal varreu a crise dos sete anos para debaixo do tapete e ainda arrastou mais três primaveras juntos, agora são 10 anos de casamento, de torturamento, mesmo assim a esposa ao chamá-lo no corredor do supermercado diz: "Bem, olha o carrinho que eu já volto, tá, Bem?".

Pois é ,eu estou me sentindo bem, mas não este tipo de Bem! E este tipo falso é o tradicional sentir-se Bem da sociedade usual. Aonde o "normal" é sentir-se Bem para cumprir com sua função de "molinha" da geringonça social, sem ir além, sem viver outros modos de vida...

O marido vira para a esposa e diz: "vou olhar o carrinho não, Bem! Bem, eu vou é olhar o que eu quiser olhar!" Na verdade ele só pensa, pois que continua ali calado desempenhando muito bem sua função de "molinha", então ele vê uma criança fofa passar e sorri para ela. Que tristeza! Ele sorri apenas um sorriso de boca, daqueles programados. E a esposa não volta nunca mais...

Eu estou me sentindo bem melhor sim, mas depois que eu passei por tantos furacões, enchentes, vulcões, guerras, catástrofes em geral, naturalmente meu sentir bem, nada tem a ver com o Bem geral. E obviamente como uma sobrevivente eu vou sim falar da minha experiencia sempre que sentir necessidade, provavelmente até o resto da minha vida... 

Um comentário:

Viver Bem Beauty Center disse...

Ai Ana! Sei lá,viu? No fundo tudo é uma grande bobagem, rir demais, chorar demais, ser boa demais, enfim, o que vale é cada segundinho! Conseguiu prestar atenção e perceber a beleza de uma florzinha? Ótimo! A sopa quentinha desceu gostoso e tinha um cheiro bom? Delícia! A Tv tá um saco? Bora pra locadora e assim vamos construindo momentos...Tem muitas horas que não acho a menor graça em absolutamente nada e daí, fico com raiva de mim! Meu, não é possível que dentro desse universo infinito nada tenha graça! E daí me esforço! Ou seja, ser feliz é um baita exercício que as vezes quero praticar... Vivo tentando "viver" sem expectativas com relação as pessoas, mas dá? Não! E tome ferro! O negócio é aprender a mandar na nossa cabeça,né? Agora quando vejo o olhar da minha Golden, geeeeeeeeeeente é demais! Um poço de paz e daí, eu mergulho e fico um pouquinho, lá dentro! Bjokas, minha linda!( Sou a mesma da Paz e Amor!