01 dezembro 2010

ACERTARAM O DIAGNÓSTICO?

O texto abaixo é de uma amiga que generosamente me permitiu publicá-lo. Desde criança ela sofre de depressão, hoje em dia ela já é uma mulher e sempre teve dificuldades para encontrar a melhora. Semanas atrás finalmente ela descobriu que na verdade a sua depressão foi conseqüência de um outro problema, se isso fosse sabido antes talvez ela já estivesse na casa do bem estar.
"Depois de ler o livro ''Mentes Inquietas'' e ler um  depoimento sobre o assunto, eu fechei meu diagnóstico: Déficit de Atenção - TDAH!!!
No meu caso, não era hiperativa, só avoada e lenta para realizar tarefas que todos os meus coleguinhas conseguiam. E assim vieram a baixa autoestima, isolamento, baixo rendimento escolar, depressão... 
Já que ninguém acredita nas minhas dificuldades, eu sigo disfarçando os meus fracassos como excentricidades simpáticas.
Os medicamentos possíveis atualmente são altamente emagrecedores, totalmente contra-indicados para a minha magreza e falta de apetite..."

Fiz este post como um alerta para os pais, porque hoje em dia os avanços no campo da psiquiatria, e nas terapias em geral, são gigantescos e há excelentes profissionais, assim é preciso apoiar a criança até que ela esteja recebendo o tratamento adequado e apresente melhoras, porque ignorar o problema só piora a situação e  traz graves conseqüências e sofrimentos para toda a família.
No caso dessa minha amiga, há décadas atrás ainda não se tinha as descobertas que temos hoje, senão talvez ela estivesse melhor.

2 comentários:

Marcel Lucas disse...

Este livro é ótimo, aqui em casa temos ele. Mesmo meu caso não sendo TDAH eu sou aulas particulares pra um garoto que tem o problema, além de outros decorrentes da história de vida dele. Felizmente a "mãe" (mulher que cuida dele atualmente) é bem informada e ele já fazia o tratamento antes de eu conhecê-lo.

Alyson Daas disse...

oi marcel!
essa psiquiatra é demais mesmo, né! os livros dela ajudam mto!
que bom que seu aluno é cuidado!
bjoka