27 julho 2010

"CONHECE A TI MESMO", CONFUSO!

Os casos de depressão só tendem a aumentar segundo Organização Mundial da Saúde, logo os casos de suicídio também, já que eles estão muito relacionados a tal doença. É fato: a depressão é a Aids do século XXI, com um forte impacto que não dispõe de amortecedor algum.
E eu, depois de aceitar recentemente minha condição de depressiva e suicida em potencial, sempre me pergunto: por que tantos casos?
Será que é porque o ser humano está em uma fase obrigatória de auto-conhecimento? Sim, porque segundo um estudo os remédios são muito eficazes para os casos grave de depressão, ajudando o paciente a se sentir mais disposto para então começar a psicoterapia. Sabe-se também que a depressão é uma doença cíclica e, em 70% a 90% dos casos, ela volta. Ou seja, por mais que aquele depressivo enfrentou uma crise e melhorou as chances dele voltar a ter depressão ao longo da vida são altíssimas, a maioria terá. Logo, uma vez "atacado" pela depressão há um assassinato sim, o paciente jamais será o mesmo, e cabe a ele decidir se isto será para se auto-aprimorar ou para estacionar.
Se é para melhorar, a terapia nos levará a individuação, de que Jung falava. Mas que raios é a indivuação? É o entrar em contato consigo, é quando as influencias familiares, sociais e externas em geral são dissolvidas. Quando isto acontece a gente passa finalmente a ser inteiro, o que acarreta em uma resignificação da VIDA, do nosso modo de vivê-la.
Para tanto é preciso achar uma linha terapeutica que melhor se adeque a cada caso, é preciso disponibilidade e disciplina para adquirir novos habitos, e muita paciência, pois tudo leva tempo, muito tempo... as vezes a vida toda, o que vai contra nossa sociedade "fast-tudo".
O melhor é buscar informação, eu por exemplo achava que era esquizofrenica. Quando comecei a ler livros de psicologia para entender o que se passava comigo, com minha mente biruta, me senti tão normal, afinal o que pensava que acontecia somente comigo já havia sido motivo de muito estudo e pesquisa, assim me senti confortada e fui me conhecendo mais, descobrindo que os tratamentos estão todos aí a disposição, basta a gente aceitar a doença, e estar disposto a uma aventura que a vida está nos impondo: o auto-conhecimento! É um caminho solitário, mas bom demais!

5 comentários:

Methamorfo disse...

Estou sempre em busca de autoconhecimento. Vc perguntou se estou bem... Sabe, estou incompleta. Mas pior do estar incompleta é ser incompleta... Acho que estou com "saudades" da Psiq. Preciso estabilizar o humor. Achei que bipolar sofria menos que o depressivo, mas o fundo do poço de um bipolar mal cuidado pode ser mesmo o fim... Sei que fugi um pouco ao tema, amiga. Te adoro e tudo o que posta é maravilhosamente útil. Sabe o dedo de prosa??? Bingo. Descobri o que queria dizer com este comentário... Quero desabafar... Perdoa-me querida. Fica com Deus e estamos na luta...

Quem faz as postagens: disse...

pois desabafe sempre!
ajuda mto!!!
c cuide!


bjoka

C. disse...

Hj fiquei tão P da vida com uma atitude dos meus pais que acabei me irritando comigo mesma por deixar eles me influenciarem tanto assim, ainda... Grrrr.

Jung, sou sua fã! Um dia chego lá!!

Beijocas, amiga!!
Carina

Celso disse...

Vejo um bom sinal, quando se percebe o que nos aflige e atormenta. Se me dou chance a reflexão, posso encontrar meios para eliminar ou atenuar, as condições que se apresentam a nós. Buscar o amparo, com quem se disponibiliza em escutar, tornando ser do conhecimento do mesmo. O fato de expor o que sentimos e nos incomoda, diante daquele que se apresenta, já nos proporciona uma condição de melhora, por dividir o sentimento, abre portas para possibilitar conhecimento das ações que devemos tomar. A todos o meu bom dia,e espero que tenha conseguido contribuir.

Quem faz as postagens: disse...

contribuiu sim celso!
valeu!!!

bjoka