29 abril 2010

LEVEZA LIGHT

Ontem depois de me aquietar, antes de dormir, descobri que estava com inveja.
Uma inveja dançarina de valsa.
Tal inveja veio de constatar que existem pessoas que vivem bem, se sentem bem, porque acenderam a luz de seu ser interno e conquistaram a leveza. A bendita deixou de ser apenas uma visita e passou a ser moradora, fazendo de suas vidas algo leve, mesmo diante dos problemas e situações mais difíceis, que são inerentes à existência de qualquer ser na face dessa Terra. Mesmo assim elas são leves.
Senti inveja porque já experiementei algumas vezes, e ainda experimento, a leveza... Mas a danada de repente escorrega da minha vida feito um bagre ensabuado e vai embora! E aí fica essa consciência de como é maravilhoso ser leve e a realidade balofinha que na minha vida ela ainda é apenas uma visitante. Um dia convenço-a a morar comigo...

6 comentários:

Tê Barretto disse...

Lindo texto, Lys. E é assim. Mas viver com leveza é um aprendizado e um controle sistêmico.
Estarei em Sampa por uma semana, a partir de amanhã. Vou a trabalho, mas é CLARO que vou ter um empo pra te ver! Vamos marcar? Beijo.

conversacomotravesseiro disse...

Eu tbém convido, e se ela não ficar, eu a amarro!! Porque tem dias que, simplesmente, não aguento mais...

Obrigada...
Beijocas

alysondaas disse...

hahahah

ai caca eu tb! vou comprar cordas, pra amarrar a leveza!

te me passe seu email pra gente combinar de c encontrar!

bjokas

Tê Barretto disse...

Lys, meu email é:
tecabarretto@gmail.com
Bjo. Tô esperando.

Calvin disse...

INVEJA!
Eu também me pego invejando... e o pior é que nem sei porque invejo tantas coisas e ao mesmo tempo quero que elas CAIAM no meu colo sendo eu QUEM SOU, porque com o tempo estou aprendendo a gostar de mim...
GRANDE ABRAÇO!

alyson daas disse...

isso mesmo calvin!

eu estou a tempos aprendendo a ostar de mim. repeti de série, tive que fazer exames,materias extras... mas um dia aprendo!

bjoka