18 março 2010

DESABAFOS DE 2009 PARTE II

Mais escritos que achei do ano passado.

"As reuniõs familiares e com amigos é como se eu estivesse lá me observando. A dor, o teatro..."

"Quando estou mal tenho muita dificuldade de arrumar a cama, quem dirá a casa. Ano passado (2008) meu irmão foi me ajudar a tirar as coisas do apto para entregá-lo e ele ficou assustado com o estado da pia da cozinha: encardida. Eu apenas dava uma geral por detestar bagunça, mas jamais teria força de limpar a pia, tão pequena..."

"Me perguntam sobre minha vida daqui cinco anos, investimentos... Para mim parece piada! Se for respnder direi: compre um caixão, porque com certeza no meu caso será o melhor investimento! Não consigo pensar em subviver pelos próximos cinco minutos, quem dirá ter planos para daqui cinco anos!!! Esta vida de se viver lá na frente sempre planejando não ajuda muito quem tem depressão. Para pessoas que sofrem do mesmo mal que eu o ideal é adotar a prática dos doze passos dos alcoolicos anônimos: viver o hoje! Assim a ansiedade diminui e eu paro de ter ataques de pânico e quem sabe consigo daqui cinco anos estar viva, sem ter me assassinado!"

2 comentários:

Calvin disse...

Ai ai...
Eu que sempre fui de planejar, controlar, pensar no amanhã...
Estou tendo a lição de VIVER O HOJE. De pensar no agora!
Um passo de cada vez....
E as vezes bem curtos e lentos!

Carina Beatriz disse...

Eu já escrevi sobre isso, no post Há males que vem pra bem. As pessoas ficam tão obcecadas pela normalidade que hj não sabem mais nem o q é ser normal. Ir pras baladas, encher a cara de propósito, com bebidas q às vezes nem gosta, mas deixam bêbado mais rápido, é normal. Tomar calmante, espanta. Com a diferença que as pessoas gostam de ficar bêbadas. Eu não gosto de tomar calmante mas, por enquanto, preciso dele. A gente tem a oportunidade que muita gente vai morrer sem ter: SE CONHECER!
Bjinhus