14 fevereiro 2009

PEGO NO PÉ!

Ontem ao pegar literalmente nos pés de minha avó, senti os pés de uma criança. Aliás minha avó tem 80 anos, mas parece uma garotona. Seu espírito é jovem, sempre aprendendo, sempre se transformando, sempre reagindo... Aqueles pés de 80 anos têm história para contar, já pisaram chão nessa Terra. Já foram pezinhos de bebê que parecem bisnaguinhas; já foram pés de adolescente que quer pintar as unhas; já foram pés de jovem, que atraem outros do sexo oposto; já se espremeram de nervoso, já se derreteram de prazer; já viveram muito, 53 anos mais que os meus! E sobreviveram as poças d´água, a lama, ao barro, ao piso escorregadio, a escada atrevida que os fizeram tropeçar... E me ensinaram que o importante é reagir, sempre!

2 comentários:

Delly disse...

Li praticamente todos os seus posts.
Só posso te dizer que me identifico em gênero, número e grau com você. A única diferença é que nunca tive alguém da minha família, nem mesmo marido, que me apoiasse. Quem tem me ajudado é Deus, que tem colocado anjos no meu caminho, como terapeutas e psiquiatras que às vezes deixam de cobrar a consulta, mas não deixam de me socorrer.
Minha mãe e meu irmão não falam mais comigo. Meu marido, durante nove anos me violentou psicológicamente, o que fez minha auto estima já tão pequena, desaparecer. Agora está me chutando pra fora de casa. Tenho meu anjinho de quatro patas que não me abandona e, acho que o grande desafio dos deprimidos é viver, ou seja, concluir esta encarnação, custe o que custar.
Um grande beijo pra você e receba um abraço bem apertado, que muitas vezes é o que mais precisamos.
Toda a minha solidariedade.

alyson daas disse...

oi querida,

obrigada...
desejo o mesmo pra vc, que com tal comentário demonstrou claríssima lucidez!
seja bem vinda para escrever sempre, desabafar e se quiser pode mandar email: alysondaas@gmail.com, afinal só quem tem/teve depressão sabe o que é... a gente se apóia!
bjo grande